Prefeitura intensifica ações de combate à dengue, zika e chikungunya – Surgiu

A Prefeitura de Palmas está intensificando as ações de combate à dengue, zika e chikungunya em toda a Capital. Desde novembro do ano passado, a Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) vem realizando o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) que indicou áreas com alto índice de infestação do mosquito. Nas quadras apontadas com maior incidência de focos, as equipes da UVCZ farão visitas às residências para vistoriar o imóvel e orientar morador a eliminar os criadouros.

Nesta quinta, 17, a partir das 8 horas, às atividades seguem acontecendo nas quadras da região Orla 14, na Arse 12, Arso 101, Arse 65, Arso 44, Arso 32 e Arno 33. Na sexta-feira, 18, as equipes da UVCZ e da Vigilância Sanitária de Palmas iniciaram também uma força – tarefa para visitar os comércios.

Foto: Igor Flávio

De acordo com dados da UVCZ, mais de 100 mutirões foram realizados no mês de dezembro, o que refletiu uma diminuição no índice de infestação do vetor.  “Ainda há muito o que fazer. Precisamos intensificar as ações e ficar em estado de alerta”, observa a gerente da UVCZ Betânia Costa.

Betânia explica que durante a visita, quando há necessidade os agentes aplicam o material larvicida nos criadouros. A gerente lembra que todos os trabalhadores da saúde que realizam as vistorias são uniformizados e identificados.

Foto: Igor Flávio

Imóveis

Os imóveis para aluguel ou venda, também passarão pela vistoria dos agentes de combate à endemias, por meio de agendamento com imobiliárias e também os ingresso forçado nos imóveis fechados/abandonados.

A Secretaria de Saúde de Palmas pede aos moradores que façam vistorias em ralos, pratos de plantas, bebedouros, pneus e outros pontos que possam ter água parada e que são propícios à proliferação da dengue. É importante ressaltar que 90% dos criadouros da dengue estão nas residências e, com as chuvas e temperaturas elevadas neste período do ano, é maior o favorecimento para a proliferação do mosquito aedes aegypti.

Leave a Reply