Governo autoriza construção de 213 unidades habitacionais em Salvador

Governo autoriza construção de 213 unidades habitacionais em bairro de Salvador
Governo autoriza construção de 213 unidades habitacionais em bairro de Salvador – Foto: Manu Dias/GOVBA

 

Na manhã desta segunda-feira (21), o governador Rui Costa visitou as obras do projeto de urbanização integrada em assentamentos precários no bairro do Costa Azul, em Salvador. Na oportunidade, Rui assinou a ordem de serviço para início da 2ª etapa complementar da intervenção nas localidades de Paraíso Azul e Recanto Feliz.

Serão construídas 213 unidades habitacionais e realizadas 253 melhorias em imóveis da região, que incluem serviços de infraestrutura, como rede de água e esgoto; contenção; drenagem; paisagismo; entre outros. Essa nova etapa do projeto conta com investimento de mais de R$ 20 milhões e vai beneficiar mais de duas mil pessoas.

“O principal patrimônio de qualquer família é o lar. Nossa residência é a nossa base, onde a gente organiza a nossa família e dá segurança aos nossos filhos. Por isso, tenho o prazer e o orgulho de iniciar esta nova etapa de construções e reformas aqui na comunidade. Eu sempre digo que governar é cuidar de gente. E é isso que estamos fazendo aqui. Construindo e reformando unidades habitacionais, melhorando a urbanização de ruas, para garantir uma vida mais digna a essas famílias”, declarou o governador. 

O diretor de Habitação da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Deusdete Fagundes, explicou que as unidades habitacionais são destinadas a moradores das comunidades que vivem em imóveis com situações bastante precárias. “É uma intervenção de urbanização integrada em assentamentos precários e envolve serviços de drenagem; pavimentação; além da contenção de algumas encostas para a implantação dos prédios. É importante destacar que essas áreas são bolsões com moradias em péssimo estado. Estamos demolindo essas habitações e as pessoas encaminhadas para o aluguel social”.

A previsão é de que a obra tenha duração de 24 meses. O projeto contempla a construção de três prédios com 20 apartamentos, um prédio com dez unidades, além de dois villages. Cada imóvel terá 42 metros quadrados, com sala, cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço.

Leave a Reply